A milha extra - O papel da motivação no treino


MOTIVAÇÃO - o dicionário considera a motivação como a capacidade de uma pessoa para estimular, aumentar a vontade para a execução de qualquer ação.


A nossa motivação para a realização de alguma tarefa pode ser dividida em dois tipos: a motivação intrínseca - em que o indivíduo procura através de fatores pessoais, como o prazer pela atividade, desejo de crescimento, auto-estima - e também a motivação extrínseca - em que o indivíduo procura motivar-se através de fatores externos a ele próprio, como um reconhecimento do esforço e do trabalho, recompensas.



No contexto de ginásio a motivação está presente desde o momento da entrada, quer seja por motivos pessoais (saúde, melhoria da capacidade física, melhoria da auto-estima) como por motivos extra-pessoais (treino com amigos), no entanto, ocorrem quebras motivacionais que muitas vezes levam a que os alunos percam ou diminuam significativamente o número semanal de treinos levando também, por vezes, a que não exista continuidade no ginásio, impedindo assim que muitas das pessoas não consigam atingir os seus objetivos, algo muito preocupante uma vez que a pré-obesidade e a obesidade afetam mais de 6,1 milhões de portugueses adultos, levando a outras doenças crónicas, um valor que foi ainda mais exacerbado com a chegada do COVID-19 (Gregório MJ, te al. 2021)


Um dos grandes papéis desempenhados pelo Personal Trainer é o papel de motivador, alguém que leva o seu aluno a progredir ainda mais do que o expectável, alguém que

leva o aluno a nunca desistir, a manter-se focado no seu objetivo e a mostrar o melhor caminho para o atingir.

Enquanto Personal Trainer é nossa função saber motivar da melhor maneira possível os alunos para que, também eles, consigam não só atingir os seus objetivos mas também superá-los, de maneira a que consigam evoluir cada vez mais, atingindo também algo que seria até então impensável. Diversos estudos apontam para o papel positivo da motivação dada através do treino pessoal, melhorando não só os índices físicos(McClaran S. R, 2003), como também levando a uma maior conexão com o próprio treino (Wing, et al. 1996).


Em jeito de conclusão, é perceptível a importância do Personal Trainer em vários contextos de treino para além da correção ativa nos exercícios e preparação de treinos, uma vez que a própria motivação será o que levará a que o aluno continue, treino após treino, a regressar e a trabalhar para a sua própria evolução permitindo que ele atinja todos os seus objetivos e mais alguns.


Cabe a nós, levar que o aluno possa caminhar a “milha extra”.



Quer ter mais motivação, mais energia e mais determinação para atingir os seus objetivos?!


Então clique aqui !!

👇






Ruben Costa

Personal Trainer

Professor


Bons treinos

Mantenham-se ativos

#VendaNova #Infesta #Gondomar #OMG #todosfazemparte #omeuginásioémelhorqueoteu






Bibliografia Utilizada

Wing R.R., Jeffrey R.W., Pronk N., Hellerstedt W. L. (1996) Effects of a personal trainer and financial incentives on exercise adherence in overweight women in a behavioral weight loss program. Obesity Research 4, 457-462.

Steven R. McClaran (2003) The Effectiveness of Personal Training on Changing Attitudes Towards Physical Activity

Maria João GREGÓRIO*1,2, Alejandro SANTOS2 , Pedro GRAÇA1,2 Acta Med Port 2021


May;34(5):329-331 https://doi.org/10.20344/amp.15921

333 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo