Conhece a Síndrome do Sofá?

Atualizado: 20 de fev.


Não conhece a expressão “Síndrome do Sofá”? Então, este post é para si.

- Dores constantes nas costas

- Cansaço constante

- Falta de vontade de estar com pessoas

- Ganho de peso

- Vontade constante de comer

- Falta de energia

- Dificuldade em dormir

Se sofre de pelo menos dois destes sintomas, é muito provável que sofra da Síndrome do Sofá.


Durante os últimos dois anos vimo-nos numa situação de pandemia que nos obrigou a estar demasiado tempo em casa verdade?

Então diga-me, qual é o sítio onde passa mais tempo quando está em casa?

Excluindo a cama, onde passamos aproximadamente 33% do nosso dia - contando que cumprimos as 8h de sono recomendadas - provavelmente o sofá será a sua a sua resposta.

Durante os dois últimos anos das nossas vidas, muitos de nós estiveram pelo menos 4 meses confinados em casa, isto dá cerca de 121dias, que são 2904 horas em que o único exercício que fazíamos era deslocar-nos da cama para ir para o sofá!

Com o desconfinamento parcial, continuamos de alguma forma a evitar sair de casa com receio que o “bicho” nos pegasse. Adiamos o jantar com os amigos, as idas aos parques, ao cinema, e pior que isso continuamos a “agarrar-nos” ao sofá.

A Síndrome do Sofá é caracterizada por uma substituição de realizar determinadas atividades em prol de ficar no sofá.

Mas como é que isso é possível? Pense para si mesmo, quantas vezes deixou fazer determinada atividade porque preferiu ficar no sofá?

Bastantes? Então decida mudar de vida.

N’O Meu Ginásio terá para si planos de treinos adaptados aos seus objetivos. MUDE DE VIDA, torne-se ativo, por si, e pela sua saúde física e mental.




533 visualizações0 comentário