DOCE MALDIÇÃO - OS MALEFÍCIOS DOS SUMOS E REFRIGERANTES

Sabia que o consumo de sumos e refrigerantes são uma das principais

fontes de consumo de açúcar de adição em todo o mundo?

Sabia que parece haver uma relação entre o consumo deste tipo de bebidas

e a Esteatose Hepática Não Alcoólica (aquilo que vulgarmente conhecemos

por Fígado Gordo)?


Na verdade, com a chegada do calor, chegam também as esplanadas, a

praia, e aumenta a vontade de consumir bebidas frescas, nomeadamente

sumos e refrigerantes. No entanto, eles não são tão inofensivos como ainda

se possa pensar:


Podem ter uma grande quantidade de açúcar adicionado, elevando

bastante o seu valor calórico

- Estas calorias são, no entanto, calorias vazias, ou seja, calorias sem

qualquer aproveitamento pelo nosso corpo

- São ricos em sódio, podendo aumentar retenção de líquidos e a sensação

de inchaço

- Podem conter cafeína, que tem um poder estimulante e viciante (embora

menor grau que outros estimulantes).


- Mesmo as versões light, têm adição de substâncias, nomeadamente

alguns corantes, que podem ser prejudiciais


"... mesmo em casos

em que o consumo é mais moderado, assim que se troca o consumo destas

bebidas por água (por exemplo), a diferença é notória."


Aparecem na consulta casos dramáticos de consumos de refrigerantes (6L de coca-cola por dia parece-me bastante dramático!). Mas mesmo em casos

em que o consumo é mais moderado, assim que se troca o consumo destas

bebidas por água (por exemplo), a diferença é notória.


Experimente aromatizar água com fruta partida e uma folha de hortelã, ou

fazer um chá e aromatiza-lo com um pau de canela e uma casca de laranja,

juntar gelo e beber estas infusões bem frescas.



Marta Alves

Nutricionista

133 visualizações

© O Meu Ginásio