Estas desculpas também te impedem de começar?


Durante muito tempo, levava o exercício físico como um hobbie. Adorava a energia das aulas, mas achava que não passava disso. Aliás, mais do que isso, estava constantemente a arranjar desculpas para me poder “baldar” aos treinos.


E não era sempre a mesma, eram várias!!! Hoje decidi partilhar contigo algumas delas para perceberes que não está sozinho(a) neste luta.


“Não tenho tempo!”

A verdade é que na minha cabeça nunca tenho tempo para nada!! Entre casa, família e trabalho, lá se vai o tempo. Mas que vida….

Mas decidi mudar, como? Continua a ler este post.


“Não sei por onde começar/ Não sei o que fazer!”

Quem nunca se sentiu perdido no ginásio que atire o primeiro Haltere!! XD


Muitas vezes inscrevemo-nos no ginásio e quando entramos lá parece que entramos num mundo à parte. As máquinas parecem todas complicadas e nem sabemos quais delas devemos usar, muito menos como usar. Temos uma panóplia de aulas que nem sabemos o que são nem sabemos quais são as mais recomendadas para o nosso objetivo.


Encontrei o sítio certo para combater esta desculpa e quero partilhá-lo contigo.


“É muito caro!”

Todos nós temos as nossas despesas fixas mensais, como a casa, o carro, a luz a água, gás, internet... tanta coisa que as finanças muitas vezes são um impedimento para nós.



Eu também era dessas pessoas que achava que o valor do ginásio era demasiado alto e era uma despesa que eu não estava disposta acrescentar à minha lista de despesas mensais.


Mas comecei a ver as coisas de outra forma.


Estas desculpas também te impedem de começar?


Com certeza que tens muitas outras desculpas que te impedem de começar, hoje partilho contigo a forma como me tornei mais forte que a minha maior desculpa.


Tempo:

Senti que voltei ao tempo da escola quando tive de construir o meu horário semanal.

Nele incluí tudo aquilo que as minhas rotinas familiares e laborais implicam.

Depois disso, estabeleci para mim mesma quanto tempo eu gostaria de despender para mim e para as minhas idas ao ginásio. E quando me refiro a tempo é importante estabelecer o número de horas por dia e quantas vezes por semana.


Se esta gestão é fácil? Não. Até porque estes horários têm de ser conciliados com os dos restantes elementos da família. Nada como sentar à mesa e despender 30minutos do dia para ponderar soluções.

Planeia o teu horário mensal, com as rotinas diárias onde as idas ao ginásio são tão importantes como as horas de trabalho.


Não sei por onde começar!

Procura um ginásio que ofereça mais do que aulas de grupo e uma sala cheia de maquinaria.

NO Meu Ginásio, todos os alunos, para além das aulas e sala de exercício têm avaliações físicas regulares, onde juntamente com um dos nossos professores, criam um plano de treino adaptado a cada um: de acordo com os teus objetivos e tempo disponível para treinar.


Para além disso, a presença de professores na sala, também ajudam a esclarecer dúvidas e possíveis correções durante o teu treino. Aqui não te sentirás sozinho(a).


Preço

Estabelece prioridades no teu orçamento mensal pessoal/ familiar.

Se alcançar determinado objetivo é importante para ti, então procura despesas onde consegues poupar para conseguir adquirir determinado serviço ou mensalidade.

Por exemplo:

Se para frequentar o ginásio tenho de investir X€ por mês, provavelmente terei de reduzir as idas ao restaurante, ou adiar a compra daquelas calças lindas que eu vi na montra da loja y.

É obvio que todos nós somos livres de gastar o nosso dinheiro onde acharmos mais

conveniente.


Está na altura de começares a pensar em ti, na tua saúde e bem-estar.

Foca-te no que é mais importante. Tu!




Se gostaste destas dicas, não te esqueças de assinar a nossa newsletter ou clica AQUI para poderes receber mais informação que te poderão ajudar a melhorar o teu estilo de vida! E se já praticas exercício parabéns, mas não te esqueças de partilhar este post com alguém que precisa de tempo para si próprio.


Inês Soares


Mantenham-se ativos

#VendaNova #Infesta #Gondomar #OMG #todosfazemparte



156 visualizações0 comentário