“QUEM QUER?! QUENTES E BOAS”-Razões para incluir a CASTANHA na sua alimentação:

Atualizado: 26 de Nov de 2019

Cada vez mais temos acesso a todo o tipo de frutas e legumes ao longo do ano, mesmo fora da sua altura de produção agrícola. Todavia, esta situação tem impacto tanto a nível da saúde como ambiental. Como tal, é útil conhecermos as frutas da época para uma alimentação mais económica, saudável e sustentável. Seguindo esta ideia, lado a lado com o Outono, vêm as castanhas.

As Castanhas provêm do Castanheiro (há mais de 90 milhões de anos, é característica desta estação do ano (outono) e encontra-se facilmente até finais de dezembro. É produzida a nível nacional em várias regiões, nomeadamente: Marvão-Portalegre, Trancoso e Serra da Padrela.


Será que ao nível nutricional se justifica dar ouvidos ao Slogan: “Quem quer quentes e boas?!”?



De facto, as castanhas são um fruto seco com uma grande riqueza nutricional. Isenta de Glúten, pobre em gordura, na sua constituição tem maioritariamente Hidratos de Carbono-amiloses e amilopectinas- com um efeito benéfico ao nível da constituição da nossa Microbiota Intestinal (conjunto de bactérias que habitam em simbiose connosco no intestino). Além disso, são uma ótima fonte de fibra, uma porção de castanhas (84g-10 unidades) já nos fornece cerca de 17% da dose diária recomendada, o que é benéfico não só a nível intestinal como também de saciedade. Adicionalmente, são uma boa fonte de vitaminas e minerais, nomeadamente a Vitamina C (onde uma dose de castanhas já nos fornece metade da dose diária recomendada desta vitamina), Vitamina B6 e Ácido Fólico. Contém também cálcio, ferro, potássio, fosforo, manganésio, zinco e selénio. Não menos importante, possui ainda fitoquímicos (luteína e zeaxantina) e compostos fenólicos com papel importante ao nível da proteção celular e efeito antioxidante.


Acho que é inegável a riqueza nutricional da castanha não restando dúvidas para a resposta à questão inicial. Devemos, nas quantidades certas, incluir este alimento na nossa alimentação tirando partido das suas potencialidades.

Por fim, sendo a castanha tão versátil apresento duas receitas com o uso deste alimento, delicie-se!







Fonte :www.nutrimento.pt


Maria Proença Nutricionista

Venha conhecer-nos e sinta a diferença

GVN | OHC | IHC

OMG www.omeuginásio.com

95 visualizações

© O Meu Ginásio